22 de fev de 2010

:: Palavras Fugitivas ::

google imagens
Um dia alegre pode tornar-se triste por determinadas ações de pessoas que não sabem o que outra pessoa pode sentir. Comentários machucam quase sempre, reações e sentimentos desinteressados podem se esconder facilmente por trás de máscaras invisíveis criadas como superproteção. Assim, um coração arde e perde esperanças. As palavras fugiram da boca, da ponta dos dedos. Escrever sempre foi tão fácil quando não podia expressar para ninguém o que sentia, mas os dedos tremiam, assim como suas pernas tremeram ao ouvir o que já sabia, mas que ainda machucava. Com seu velho caderno confidente em mãos, apenas rabiscava a borda das folhas, mas nenhuma letra era escrita ali, estava sem forças. Tinha vontade de morder o caderno, como se esta ação fosse devolver palavras à ponta de sua caneta. Os olhos releram páginas e páginas escritas anteriormente - frases que fizeram o coração saltitar de forma abundante. A vontade que teve foi juntar cada uma das frases que emocionaram tanto e juntá-las num novo texto - elas diziam tanta verdade ali, eram tão claras, lindas mesmo que tristes. Porém, simplesmente abraçou os escritos e fechou os olhos para resolver o que fazer, deixando a caneta de lado... e sonhou. Sonhou com as palavras que queria escrever:

:: Palavras Enroscadas :: (post de maio/2009)

Iê...

20 de fev de 2010

:: mudança ::

google imagens

O Vida Bailarina está aos poucos com visual novo - já que é preciso reformar a casa de vez em quando, né? Espero que gostem!
Na próxima semana volta com novas postagens e a todo vapor como era antes...

beijos bailarinos a todos

Iê...

10 de fev de 2010

:: é possível? ::


Queria que a saudade fosse racional...

google imagens


Iê...

8 de fev de 2010

:: dúvida ::


Onde moram os segredos???

google imagens


Iê...

5 de fev de 2010

:: E agora? ::

Completamente embriagada por você!

google imagens



Iê...