22 de set de 2008

Dia Mundial sem carro

Foto: Eduardo Knapp/Folha Imagem
Não sou adepta a notícias em blog, apesar de ser jornalista. Mas para falar do meio ambiente e tentar conscientizar pelo menos uma pessoa a mais, acho que vale a pena

A foto acima não é de hoje, mas enfrentamos nessa manhã a mesma lentidão de sempre. Isso no Dia Mundial sem carro, prestem atenção.
Eu, particularmente, acho o "evento" interessante, porém falta muita coisa para dar certo: uma campanha melhor (tem gente que nem sabe que esse dia existe!) e melhores condições de transporte em TODOS os cantos da cidade. Sim, falta a consciência do cidadão também com a qualidade do ar e mais um monte de coisas que poderiam melhorar nossa vida. Mas, me respondam... Mesmo quem tem consciência, como faria para chegar ao trabalho sem condições favoráveis? Ir de bike? Legal. Mas nem todo mundo aqui tem uma e apelar para busão, lotação e metrô sem condições de entrar todo mundo. Não dá mesmo!
Na Revista da Folha do último domingo havia 3 personagens na matéria principal que tiveram a decisão corajosa de não usar mais carro para trabalhar, não usar carro nunca ou usar apenas em finais de semana. Eu moro a cinco minutos a pé do meu trabalho, sou uma privilegiada, sei disso! Então, para mim, seria fácil segui-los! :D
Bem, muita gente não tem consciência de tudo que acontece com o meio ambiente e mais que deixar o carro em casa quando for apenas à padaria ou qualquer outro lugar que você chega em menos de 20 minutos a pé (só para começar!), precisamos aprender a fazer coleta seletiva, a não jogar lixo na rua e mais um monte de outras boas atitudes.
Lembrem-se apenas de não apontar o culpado pelas péssimas condições ambientais antes de tomar consciência do que faz sozinho mesmo.

E, você, o que faz conscientemente para melhorar o meio ambiente, para cuidar do seu planeta?

Ops, para quem se interessa pelo assunto, dois links interessantes: Blog do Planeta e Sustentabilidade do Estadão.

Iê...



2 comentários:

Fábio Collaro disse...

Eu separo o lixo e incentivei a coleta seletiva no prédio dos neus pais, mas andar a pé ainda não consigo. De busão não ando há pelo menos 8 anos, sei lá! Mas é uma boa tentar andar a pé. É bom para evitar ser sedentário.

Marcos Forte disse...

Bem, normalmente colocamos a culpa nas autoridade por tudo de ruim que acontece, mas nunca olhamos para o nosso umbigo.

Se cada um fizer a sua parte, todos ganham. É clichê, eu sei, mas é a mais pura realidade.