12 de mai de 2009

"Ela fala por nós..."

Um texto da Marla de Queiroz (que tanto amo ler e reler). Uma blogueira/escritora que fala pelas pessoas que a leem...
O medo do Amor
Eu não tenho medo do amor.Eu tenho medo é de amar quem tem medo dele.Amar quem teme o amor é como se apaixonar por uma sucessão de desistências. É como viver apenas a possibilidade de algo, mas com a sensação de que ela nunca se estabelecerá.É ficar intranquilo não com o amanhã, mas com os próximos minutos. Quem teme o amor vai embora antes de fazer as pazes com ele.Antes de saber que surpresas ele reservava. Quem teme o amor teme caminhar de mãos vazias em direção ao desconhecido.Está sempre baseado numa repetição do passado.E acha que a vida será como todos aqueles dias idos.Quem teme o amor não vê a pessoa que conheceu, não se dá a oportunidade de ser amado de outra forma.Quem teme o amor se envolve é com o drama de todas as feridas que vieram à tona porque ele não se permitiu ficar sozinho e confuso o suficiente para curá-las.Quem teme o amor não aprendeu a pedir ajuda nem a receber a cura do Universo.Ele se acha maior que o amor e não conjuga o verbo.Quem teme o amor consegue ser mais perverso do que quem o magoou.
Quem tem medo do amor , pra se preservar, não se permite delirar lindamente....e perde a parcela mais deliciosa que o amor prometeu....por medo de amar. (Marla de Queiroz)
obs.: Também odeio escrever leem sem circunflexo; intranquilo sem trema... e por ai vai!!

6 comentários:

~ A vida em Jogo - O Blog ~ disse...

Realmente esse texto fala por nós que lemos, pelo menos por mim !
Achei muito interessante e vou passar a companhar o blog dela também.. FAzia tempo que eu não passava por aqui, o blog tá show como sempre !

vida cotidiana disse...

Lindo. Me fez pensar... vivemos situações em que temos medo de tanta coisa inclusive de amar.bjs

Michelle Ribeiro disse...

Já tinha lido esse texto lá no blog dela...ela sempre tira o nosso fôlego, sempre!

O Profeta disse...

Um Violoncelo reage ao toque
Vibram as cordas, solta-se a melodia
Das mãos escultoras das notas
Saem afagos de sonora magia

Uma alma reage aos acordes
Um coração bate ao compasso
Uma voz entoa dolentemente
Um corpo deseja o abraço


Boa semana


Doce beijo

JOY disse...

é verdade, as pessoas evitam o máximo se apaixonar, mas creio que tudo seja um receio que foi construido com o tempo, eu posso afirmar isso!

bjinhos

devaneiosdeumqualquer disse...

Acho que esse medo da decepção faz com que muita gente não se aventure de verdade... o medo da dor é sempre o quê se leva em consideração ao invés de se pensar no amor que pode ser vivido.

Meio tosco isso né? Mas, fazer o q?

Bjokas.